sexta-feira, 26 de junho de 2009

A Arte de Airam Magalhães



Airam Magalhães é carioca, viúva de militar, mãe de seis filhos e artista plástica. Dedicou-se muito à pintura nos anos 80, bem como à organização e promoção de diversas exposições de artes e eventos culturais. Foi uma das Diretoras da ABD (Associação Brasileira de Desenho), onde recebeu uma Comenda por seus serviços prestados à Arte Brasileira.


Abaixo, um óleo sobre tela de 1986 de Airam, que ela me presenteou e exibo com orgulho no meu apartamento aqui na Alemanha.





Sítio da ABD (Associação Brasileira de Desenho) com a indicação da Comenda dedicada à Airam e a outros artistas pelos serviços prestados em prol da nossa cultura.



(Airam, de vestido azul, no centro da foto, quando recebeu a Comenda)


Após dedicar-se às artes alguns anos junto à ABD, Airam trabalhou também por conta própria, como promoter, até final dos anos 90/início de 2000 com uma equipe de colaboradores, onde o artista que não possuísse recursos (mas realmente posuísse talento) participava das exposições coletivas gratuitamente e obtinha o mesmo tratamento que os outros. Para Airam, o importante era que o artista não desistisse de seus ideais e tivesse a oportunidade de ter um começo digno. Muitos deles estouraram e há alguns que hoje vendem seus trabalhos em galerias no exterior. Airam nunca se importou em aparecer na mídia e nem fazia questão de divulgar sobre a Comenda que recebeu. Nem os vizinhos sabiam. Seu maior orgulho e realização era saber que os artistas estavam obtendo sucesso no caminho que escolheram. Mãe, eu também me orgulho muito de você. Parabéns, pela contribuição exemplar à Arte em nosso país.
.

5 comentários:

  1. Grata por nos apresentar a arte de Airam Magalhães, querida Chris! Parabéns!
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Obrigada você também, Lu. Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Chris que adorável explanação sobre uma pessoa realizada como Airan sua mãe. O despreendimento, esquecimento de si pela consciência de pertencença.
    A ti e ela meus louvores . Segues o seu caminho querida Borboleta a integrar m tuas asas o pólem e difundir amor-arte pelas paragens.
    abraços a ambas com admiração de sempre . Ah! ia esquecendo é belíssima a tela ,que bom que a tenhas contigo !

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, querida Vi. Eu tenho esta tela com muito orgulho aqui comigo. Troquei a moldura depois que cheguei na Alemanha, pois houve pequena avariação na mudança.

    ResponderExcluir
  5. Filha de peixe peixinho é. Daí que vem a Chris, né?

    Byafra

    ResponderExcluir

"A crônica é um gênero que apresenta dupla filiação, já que o tempo e o espaço curtos permitem o tratamento literário a temas jornalísticos. Tem do jornal a concisão e a pressa e da literatura, a magia e a poeticidade que recriam o cotidiano."

(Maria Lúcia da Cunha Victorio de Oliveira Andrade)
...
Grata pela visita! Você é convidado a interagir.
Abraço!

Para correio: discutindo_literatura@yahoo.com.br