sábado, 26 de dezembro de 2009

A visita do Anjo de Natal


Antes que me pudesse dar conta
O anjo adentrou a sala
Esvoaçando suas asas
E perguntou-me, num sorriso divertido,
De quem já sabe a resposta:
-Você está esperando?
Foi quando percebi
Que não estava apenas
Deixando-me ficar,
E cansada de repisar
Palavras e idéias,
Respondi:
-Sim, estou esperando.
Então, o anjo levou-me consigo.
Ao acordar pela manhã,
Na bagunça do meu quarto,
Entre cacos da velhíssima história,
E sentimentos carcomidos de todo dia,
Senti ainda presentes,
Ressoando em meus sentidos,
Os acontecimentos daquela
Incrível noite de sonhos.
E num vislumbre,
Por entre as frestas da cortina do dia,
Algo novo se insinuava,
De um angelical brilho
- O mais lindo sorriso -
Enquanto sussurrava em meus ouvidos:
- Estou contigo.
Maria Lúcia de Almeida

2 comentários:

  1. Que lindo... acho que qualquer um que ler se coloca no lugar, imagina a cena... e todos sabem o que estão na verdade esperando.

    Gostei!

    Abraços direto de SC!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Drika
    Adorei seu comentário!
    beijo grande para você,
    da Maria Lúcia

    ResponderExcluir

"A crônica é um gênero que apresenta dupla filiação, já que o tempo e o espaço curtos permitem o tratamento literário a temas jornalísticos. Tem do jornal a concisão e a pressa e da literatura, a magia e a poeticidade que recriam o cotidiano."

(Maria Lúcia da Cunha Victorio de Oliveira Andrade)
...
Grata pela visita! Você é convidado a interagir.
Abraço!

Para correio: discutindo_literatura@yahoo.com.br