sábado, 23 de janeiro de 2010

Fundamentais...

Ouvi dizer que falar não basta e que agir é fundamental, como o resto isto também é muito relativo, penso... Sabemos que basta erguer um dedo para que haja interferência. Por vezes calar e não agir é essencial. Em algumas circunstâncias é preciso distanciar, abster-se de ação dando espaço-tempo ao evento que está em andamento. Mas a ansiedade e nossa crença em atitudes fortes, decisivas muitas vezes impedem que a natureza se encarregue, ou melhor que a vida flua e que a sabedoria intrínseca seja atuante.
Bastante difícil é para mente ocidental entender a ação na não ação e, talvez até ao oriente esta sabedoria venha se perdendo. Restrinjo-me a estas poucas linhas hoje, guardando desta forma minhas palavras que julgo dispensáveis diante ao que tem sido construído de forma inteligente e bastante eficaz.
Resguardo um sopro de Poesia e como se sábia fosse capaz de portar-me, ainda deixo-os ao sabor do perfume do jardim, este que a meu perceber possui tons, ensinamentos sobre tempo e ação fundamentais ...Ainda assim creio...

2 comentários:

  1. Virgínia além mar...Te admiro muito!
    És mesmo uma professorinha da alma!
    E é com a alma que te leio e fico maravilhada!
    Extraordinário esse teu texto Vi...
    Que riqueza de ensinamentos(teu e dos jardins)
    ando praticando e adorando...
    Grata Vi querida amiga irmã cúmplice de sonhos

    Beijinhos com carinho da Li feliz em te ler

    ResponderExcluir
  2. Estou divulgando meu novo blog
    www.gastronomiaefotografia.blogspot.com
    Se puder da uma passada lá!

    Atenciosamente
    Tati

    ResponderExcluir

"A crônica é um gênero que apresenta dupla filiação, já que o tempo e o espaço curtos permitem o tratamento literário a temas jornalísticos. Tem do jornal a concisão e a pressa e da literatura, a magia e a poeticidade que recriam o cotidiano."

(Maria Lúcia da Cunha Victorio de Oliveira Andrade)
...
Grata pela visita! Você é convidado a interagir.
Abraço!

Para correio: discutindo_literatura@yahoo.com.br