segunda-feira, 25 de julho de 2011

Aos Escritores queridos em seu dia

Aos Escritores queridos em seu dia
Na década de 60 João Peregrino Júnior e Jorge Amado realizaram o I Festival do Escritor Brasileiro, organizado pela União Brasileira de Escritores, onde os dois eram presidente e vice-presidente, respectivamente a partir deste evento passou-se a comemorar no Brasil na data de 25 de julho o Dia do Escritor.
O Escritor é um artista que expressa através da arte da escrita, melhor dizendo da Literatura. Existem escritores célebres, outros nem tantos, ainda outros desconhecidos.Como em todas as artes há amadores, dentre estes alguns não tem suas obras publicadas e mesmo se as tem não fazem desta arte um ofício.

A Literatura além de ser fonte de conhecimento e encantamento é ponte entre os homens.

A Música é a linguagem universal e quando acompanhada pela voz humana( anteriormente texto escrito) remete-me à grandiosidade da Ópera manifestação artística que me fascina.

Muitos Escritores que jamais vi, foram e são ainda alguns de meus melhores companheiros, suas palavras me afetam e afetaram profundamente e a estes sou eternamente grata.

Á vcs. queridos Escritores desejo muita inspiração e que continuem a transpirar e embelezar nossas vidas com obras científicas, de ficção,romances, dramas, comédias, obras filosóficas, enfim documentários, testemunhos de vida enfim.

Desejo congratular-vos pela potência de vida que há em cada obra e deixar registrado meu mais sincero agradecimento e um presente :

Uma área da Ópera Madama Butterfly interpretada pela Diva Maria Callas ( Un bel di, vedremo) ( ouvir ) de Giacomo Puccini, baseado no drama de David Belasco, o qual por sua vez se baseia numa história escrita pelo advogado americano John Luther Long.
Estreou no teatro Scala de Milão em 1904.
afetuoso abraço, virgínia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A crônica é um gênero que apresenta dupla filiação, já que o tempo e o espaço curtos permitem o tratamento literário a temas jornalísticos. Tem do jornal a concisão e a pressa e da literatura, a magia e a poeticidade que recriam o cotidiano."

(Maria Lúcia da Cunha Victorio de Oliveira Andrade)
...
Grata pela visita! Você é convidado a interagir.
Abraço!

Para correio: discutindo_literatura@yahoo.com.br